NOTÍCIAS

FIBA anuncia grupos da Copa do Mundo FIBA 3×3 2019

Por: Juliana Murasawa

 

São Paulo, 18 de fevereiro de 2019 – Faltando exatos quatro meses para o início da edição de 2019 da Copa do Mundo FIBA 3×3, na Holanda, a Federação Internacional de Basketball (FIBA) divulgou como os 40 times (20 masculinos e 20 femininos) foram divididos em 8 grupos de 5. A distribuição dessas equipes foi feita automaticamente de acordo com o ranking da FIBA do dia 1º de fevereiro de 2019. E pelo segundo ano consecutivo, os líderes dos rankings não terão caminho fácil.

 

 

Eles: No torneio masculino, duas grandes potências (e finalistas da Copa do Mundo de 2017), Sérvia e Holanda, se enfrentarão já na fase de grupos. Além disso, eles terão pela frente também os Estados Unidos, com Coreia do Sul e Turquia completando o grupo da morte. Lembrando que apenas os dois primeiros de cada grupo avançam às quartas-de-final, o que significa que um dos favoritos ao título da categoria masculina será eliminado ainda na fase de grupos.

Elas: Já no torneio feminino, a atual campeã Itália também caiu no grupo da morte. Elas terão pela frente as campeãs mundiais de 2017 da Rússia e as vices de 2016 da Ucrânia, além também da Indonésia. O Grupo D será completado com o terceiro colocado do Torneio Classificatório para a Copa do Mundo FIBA 3×3, que será disputado em San Juan, Porto Rico, nos dias 4 e 5 de maio, e tem o Brasil como participante no feminino.

Brasil: O Brasil caiu no Grupo D, ao lado dos campeões europeus de 2017, Letônia, e dos semifinalistas da última Copa do Mundo, Polônia. O país-sede dos próximos Jogos Olímpicos e melhor país asiático no ranking mundial, Japão, completa o grupo ao lado do terceiro colocado no Torneio Classificatório.

 

 

Conversamos com o Luiz Felipe Soriani, do São Paulo DC, que foi número 1 do Brasil por muito tempo, com direito a dois títulos de melhor atleta da modalidade no Prêmio Brasil Olímpico, e representou o país na última Copa do Mundo. Na avaliação dele, o grupo do Brasil pode ser considerado um “grupo da morte”, com destaque para Letônia e Polônia, com atletas acostumados a jogar e ganhar Challengers e World Tour. Apesar disso, ele acredita ser possível um bom resultado, pois pelo São Paulo DC já venceu o Riga no Challenger Bucareste, equipe que considera ser a mais forte do grupo e deve ser convocada para representar a Letônia na Copa do Mundo. Sobre sua preparação individual para disputar mais uma Copa do Mundo, Soriani diz estar “conseguindo fazer o que seria o ideal para a preparação de todo esporte de alto rendimento, que é treinar diariamente”, e que por isso vai “estar melhor preparado do que nunca para representar o Brasil”.

Para avaliar o possível caminho da seleção feminina, conversamos com o Luca Carvalho, treinador da equipe Corinthians 3×3 que está na comissão das seleções Sub18 e Sub23 Masculina, além da Adulta Feminina. Segundo ele, há grandes chances do Brasil se classificar para a Copa do Mundo no qualificatório de Porto Rico, em maio,  e entre os três grupos possíveis na Copa do Mundo, o mais difícil seria mesmo o grupo D, com Itália, Rússia, Ucrânia e Indonésia. Mesmo assim, a expectativa é ir longe na Copa do Mundo, independente do grupo em que o Brasil cair.

Gostou do conteúdo? Compartilhe com um amigo/a!

Hall da Fama

Notícias

Mais Notícias

Search