Notícia
Nota Oficial

Notificação de punições após a 8ª etapa da Liga ANB3x3

São Paulo, 05 de setembro de 2019 – Realizada reunião técnica para análise dos acontecimentos da 8ª etapa da LIGA ANB3x3, torneio realizado na Arena Multiuso Taboão da Serra, Taboão da Serra, nos dias 31 de agosto e 1º de setembro de 2019. Foi feita inclusive análise de recurso interposto pelo representante do São Paulo DC requerendo a invalidação do jogo de disputa do 3º lugar da categoria Elite Masculino com fundamento no artigo 16º da Regra FIBA, indeferida pela organização.

Assim, decidimos pelas seguintes punições disciplinares:

Fundamento no Art 9.11 do regulamento da competição, “em caso de WO, a equipe participante da LIGA ANB3x3 será suspensa automaticamente da próxima etapa da competição, tendo de pagar taxa de R$ 50,00. Reincidência dobra o valor e número de torneios a cumprir suspensão.”. As seguintes equipes não compareceram ao torneio e sofrerão a penalização de forma completa, sem ser computada a pontuação na classificação da LIGA ANB3x3:

  • SP Hunters (Adulto Feminino)
  • SP Bad Basquete (Adulto Feminino)
  • SP Hangover (Adulto Feminino) – reincidente
  • SP Aspirantes (Sub 18 Masculino)
  • SP IDC 3×3 (Open Masculino)

 

A equipe a seguir não compareceu ao primeiro jogo, caracterizando o WO, porém jogou o restante dos jogos e conseguiu a respectiva colocação final por mérito próprio. Assim sendo, receberá a devida penalidade exposta no Art. 9.11, porém a pontuação conquistada será contabilizada na classificação da LIGA ANB3x3. Segue a equipe:

  • PG Bulls Players (Sub 18 Masculino)

De acordo com o Art. 16 das Regras Oficiais da Federação Internacional de Basquete (FIBA), publicadas em janeiro de 2019, um atleta que cometer 2 faltas antidesportivas, assim como atletas que se envolverem em atos de violência, agressão física, verbal ou tortuosa interferência no resultado do jogo poderão ser desqualificados do evento pelo organizador. Da mesma forma, o Regulamento da LIGA ANB3x3 diz no artigo 13.6 que “o mau comportamento esportivo de atletas, técnicos, dirigentes ou pessoas vinculadas às equipes, bem como o desrespeito ou desacato para com membros da JD, seus representantes ou arbitragem, implicará na suspensão automática do infrator, sendo necessária a simples representação por escrito na súmula, ou em relatório anexo.” Sendo a LIGA ANB3x3 um campeonato de caráter contínuo, decidiu-se por aplicar as seguintes punições aos atletas e equipes abaixo para a próxima etapa:

  • Leonardo Branquinho (SPDC U23, Elite) – suspensão de 1 partida, já cumprida no próprio evento, por desrespeito com a arbitragem;
  • Anderson Scott (SP UD Legends, +35 Masculino) – suspensão de 1 partida, a ser cumprida na primeira partida de sua equipe na próxima etapa da Liga ANB3x3 por jogo violento;
  • Wemerson Roberto (SP UD Legends, +35 Masculino) – suspensão de 1 partida, a ser cumprida na primeira partida de sua equipe na próxima etapa da Liga ANB3x3 por indisciplina;
  • Jeiel Silva (SP Thunders, +35 Masculino) – 1 etapa de suspensão da Liga ANB3x3 por indisciplina e ameaça à arbitragem;
  • Luciano Loiola (SP Thunders, +35 Masculino) – 1 etapa de suspensão da Liga ANB3x3 por desrespeito com a arbitragem;
  • Kaique Ortiz (SP Atletas do Ano, Sub 23 Masculino) – suspensão de 1 partida, a ser cumprida na primeira partida de sua equipe na próxima etapa da Liga ANB3x3 por desrespeito com a arbitragem;
  • Rio Preto Guarani (Elite Masculino): 1 etapa de suspensão da Liga ANB3x3 por desrespeito com os princípios esportivos da disputa do 3º lugar;

 

Já as seguintes equipes estarão livres para a próxima etapa desde que realizem o pagamento da taxa de suspensão por WO:

  • Limeira City (Elite)
  • Bauru Brotherhood (Elite)
  • Águas SPedroFSport (Open Masculino)
  • DF Cerrado (Elite)
  • SP Tsunami (Open Masculino)