Notícia
Nota Oficial

Notificações de punições após a 9ª etapa da Liga ANB3x3

São Paulo, 16 de outubro de 2019 – Realizada reunião técnica para análise dos acontecimentos da 10ª (categoria open e Sub 23), 9ª (elite, adulto feminino, sub 18 masculino e +35) da LIGA ANB3x3 torneio realizado no Parque das Bicicletas, São Paulo, nos dias 12 e 13 de outubro de 2019.

 

De acordo com o Art. 16 das Regras Oficiais da Federação Internacional de Basquete (FIBA), publicadas em janeiro de 2019, um atleta que cometer 2 faltas antidesportivas, assim como atletas que se envolverem em atos de violência, agressão física, verbal ou tortuosa interferência no resultado do jogo poderão ser desqualificados do evento pelo organizador. Da mesma forma, o Regulamento da LIGA ANB3x3 diz no artigo 13.6 que “o mau comportamento esportivo de atletas, técnicos, dirigentes ou pessoas vinculadas às equipes, bem como o desrespeito ou desacato para com membros da JD, seus representantes ou arbitragem, implicará na suspensão automática do infrator, sendo necessária a simples representação por escrito na súmula, ou em relatório anexo.” Sendo a LIGA ANB3x3 um campeonato de caráter contínuo, decidiu-se por aplicar as seguintes punições aos atletas e equipes abaixo para a próxima etapa:

1 – Jose Martina Perez, SP Spartans, 6 meses de suspensão por conduta violenta e desrespeito com árbitros e organização, reincidente pela 3ª vez.

2 – Daniel Camara, SP UDSP: 1 etapa de suspensão por conduta violenta e desrespeito  

3 – José Paraguay, SP UDSP: 1 jogo de suspensão pela desqualificante.

4 – Emerson Carvalho (Kikão) SP Old School: 2 etapas de suspensão por conduta desrespeitosa e ofensas graves contra árbitro, reincidente.

5 – André Ferros, SPDC: 1 etapa de suspensão por conduta desrespeitosa e ofensas contra árbitros e organização.

6 – Pedro Patekoski, SPDC: 1 etapa de suspensão por conduta desrespeitosa e ofensas contra árbitros e organização.

7 – Gustavo Bracco, gestor do SPDC: 2 etapas de suspensão por tentativa de agressão e ofensas graves contra árbitros.  A presença no local do torneio antes de cumprir a suspensão implicará em WO administrativo à equipe.

8 – Luan, preparador físico do SPDC : 2 etapas de suspensão por tentativa de agressão e ofensas graves contra árbitros. A presença no local do torneio antes de cumprir a suspensão implicará em WO administrativo à equipe.

As suspensões podem ser cumuladas para a Temporada 2020 da LIGA ANB3x3, caso os atletas e equipes não cumpram na Temporada 2019.

A suspensão é aplicada no âmbito disciplinar esportivo, de forma automática pela organização, sem julgamento ou direito a recursos, sem prejuízo de discussão por denúncia no Tribunal de Justiça Desportivo da Federação Paulista de Basketball e civilmente pelos ofendidos.

Seguindo o Art 9.11 do Regulamento da competição, “em caso de WO, a equipe participante da LIGA ANB3x3 será suspensa automaticamente da próxima etapa da competição, tendo de pagar taxa de R$ 50,00. Reincidência dobra o valor e número de torneios a cumprir suspensão.”. As seguintes equipes se enquadraram no artigo e não poderão jogar a próxima etapa do campeonato.

  • MG Bulls (Elite)
  • Freesta Sorocaba (Elite)
  • SP Tsunami (Open)

Já as seguintes equipes estarão livres para a próxima etapa desde que realizem o pagamento da taxa de suspensão por WO:

SP Hunters (Adulto Feminino)

SP Bad Basquete (Adulto Feminino)

SP Hangover (Adulto Feminino) – reincidente

SP Aspirantes (Sub 18 Masculino)

PG Bulls Players (Sub 18 Masculino)