NOTÍCIA

3x3 no mundo

Brasileiros param nas quartas e sérvios dominam WT México 2017

São Paulo, 2 de outubro de 2017 – O último Masters World Tour da temporada 2017 foi realizado no México nos dias 30 de setembro e 1 de outubro, com participação de três equipes brasileiras: Rio Preto Guarani, São Paulo DC e Santos. O único país que tinha tantos times representantes era a Sérvia, que levou Limam, Zemun e Belgrade, além do Novi Sad Al Wahda que possui jogadores sérvios, mas joga representando os Emirados Árabes Unidos. Para definir os grupos, foi realizado um classificatório entre Hamamatsu (JPN) e dois times mexicanos, com os japoneses saindo vitoriosos. Dessa forma, os grupos ficaram da seguinte forma:

Grupo A – Novi Sad Al Wahda, Santos e Sukhbaatar (MGL)

Grupo B – Liman, Rio Preto Guarani e Wukesong (CHN)

Grupo C – Zemun, São Paulo DC e Mexico UNAM

Grupo D – Belgrade, Piran (SLO) e Hamamatsu

Todos os brasileiros tiveram uma derrota e uma vitória, classificando-se em segundo do grupo. O chaveamento das quartas reservou uma disputa direta entre Brasil e Sérvia, já que os três times brasileiros enfrentaram os três times sérvios, enquanto o outro confronto da fase ficou entre Novi Sad Al Wahda e Piran, com vitória dos eslovenos. Frente a frente com equipes da principal força do basquete 3×3, os brasileiros não tiveram chance e caíram nessa fase: Rio Preto Guarani enfrentou o Zemun, perdendo por 21 a 15; o Liman derrotou o São Paulo DC por 21 a 13; enquanto Santos perdeu para Belgrade no jogo mais disputado da fase, pelo placar de 21 a 19.

Dessa maneira, as semi-finais foram formadas por quatro equipes europeias, sendo três delas da Sérvia. Zemun enfrentou Piran e venceu por 21 a 20, enquanto Liman enfrentou Belgrade e venceu por 21 a 17. Liman e Zemun chegaram invictos até à final, mas foi Liman quem venceu por 21 a 15 e se sagrou campeão. Enquanto a Sérvia viu todos os seus times no pódio, as equipes do #3x3Brasil tiveram que se contentar com a sexta (Rio Preto Guarani), sétima (Santos) e oitava (São Paulo DC) posições, mostrando que ainda temos muito a crescer para chegar na primeira prateleira da modalidade e ter bons resultados tanto no World Tour, como nos Jogos Olímpicos 2020.

A grande final do World Tour ocorrerá nos dias 28 e 29 de outubro, em Pequim (CHN), e já tem as 12 equipes participantes, os melhores da temporada. A temporada chega à premiação recorde de US$600,000 e as 6 melhores ranqueadas já recebem premiação em dinheiro antes do torneio: (1) US$30,000  (2) US$24,000 (3) US$20,000 (4) US$16,000 (5) US$12,000 (6) US$10,000. Confira o ranking que define os premiados e o sorteio dos grupos:

1. Novi Sad Al Wahda (UAE)
2. Ljubljana (SLO)
3. Liman (SRB)
4. Zemun Master (SRB)
5. Piran (SLO)
6. Riga (LAT)
7. Saskatoon (CAN)
8. Belgrade (SRB)
9. Krakow R8 Basket (POL)
10. Kranj (SLO)
11. Lausanne (SUI)
12. Humpolec (CZE)

Fonte: FIBA3x3.com

OUTRAS NOTÍCIAS